Jornal do Tempo | Notícias

Inverno marca a época das temperaturas mais altas do ano no Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país

Tempo seco e aumento da radiação favorecem o calor extremo nessas regiões

18/07/2014 14:29:00

Por: Rafaela Vendramini


Assim que o inverno começa se pensa em frio, certo? Errado no caso dos estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país, pois este é o período em que as cidades registram as maiores temperaturas do ano. Nesta época o tempo fica muito seco e a radiação solar começa a aumentar, por isso faz tanto calor nessas regiões.

Em Palmas, por exemplo, a média de temperaturas em julho é de 33°C e neste mês já fez 36,9°C na cidade. Além disso, a situação piora, porque em agosto os termômetros ficam em torno dos 34°C e em setembro por volta de 35,5°C.No ano passado fez calor de 41,9°C nesta época na capital do Tocantins. Em janeiro a média de temperaturas é de 31°C.

Algo parecido acontece em Teresina. Neste fez a maior temperatura foi de 35,6°C e normalmente as máximas chegam aos 33°C. Em 2013 os termômetros alcançaram os 38°C em agosto e 39,8°C em setembro. Já no verão, a média na cidade é de calor de 32°C.

De acordo com o meteorologista da Somar, Celso Oliveira, o calor começa entre o Maranhão Piauí e também do Acre ao Tocantins. Entre o fim do inverno e o início da primavera, as altas temperaturas se expandem para toda a região Norte e Nordeste, além do norte de Mato Grosso e Goiás.

Em Cuiabá o mês de julho tem temperaturas em torno dos 32°C, em agosto e setembro os termômetros já ficam por volta de 34°C e nesses meses do ano passado a máxima atingiu os 40,1°C na capital mato-grossense.

Últimas notícias

Buscar notícias