Jornal do Tempo | Notícias

Chuva e queda de temperatura no RS

No decorrer desta segunda-feira (06), a expectativa é de céu nublado, chuva a qualquer momento e queda de temperatura em praticamente todo o estado gaúcho.

06/05/2019 12:13:00

Por: Redação Somar

Cade o outono? Cade o friozinho das manhãs? É o que a maioria dos moradores da Capital Porto Alegre se perguntam- e com razão. Nestes cinco primeiros dias de maio, as temperaturas estão bastante acima da média em Porto Alegre. A média climatológica da temperatura máxima é de 22,2°C. A temperatura mais perto disso foi a temperatura mínima do sábado: 21,4°C. O normal para as mínimas em maio é de 13,3°C, mas nenhum dia registrou temperatura inferior a 15°C em Porto Alegre.Ontem (05), inclusive, fez 30,3°C!, sendo a maior temperatura em maio desde 2013, quando fez 31,7°C no dia 1°.

Frente fria deixa céu nublado e provoca chuva
A semana começa com mudanças no tempo do Rio Grande do Sul devido a passagem de uma frente fria. No decorrer desta segunda-feira (06), a expectativa é de céu nublado, chuva a qualquer momento e queda acentuada na temperatura em praticamente todo o estado gaúcho.

Os acumulados devem ser expressivos especialmente na metade norte do estado, ainda sob o efeito da frente fria e de instabilidades que se formam no alto da atmosfera.

Vale ressaltar que no noroeste do estado, a chuva ainda ocorre em forma de pancadas intercaladas com períodos de sol, e não se descarta o risco para temporais com descargas elétricas devido a proximidade com uma área de baixa pressão atmosférica formada no Paraguai.

Atenção para as rajadas de ventos que devem atingir a casa dos 60 km/h em boa parte do estado.

Condição do mar
Capão da Canoa: Mar calmo com ondas de 1 metro de altura. Os ventos sopram de sudoeste com intensidade máxima de 22 km/h.

Rio Grande: Mar agitado com ondas em torno de 2 metros de altura. Os ventos sopram de sul com intensidade máxima de 35 km/h.

Previsão do tempo para os próximos dias
Na terça-feira (07), a frente fria se afasta e as instabilidades começam a perder intensidade sobre o Rio Grande do Sul. Os ventos úmidos que sopram do mar contra à costa ainda mantêm uma pequena chance de chuva fraca no litoral gaúcho, porém, na maior parte da faixa central e leste do Rio Grande do Sul, o tempo firme volta a predominar. Enquanto isso na fronteira oeste e no noroeste gaúcho, a chuva ocorre em forma de pancadas isoladas devido instabilidades no interior do continente.

O tempo firme não dura muito tempo sobre áreas do Rio Grande do Sul. Durante a quarta-feira (08), novas áreas de instabilidades de formam e a chuva retorna de forma generalizada. Atenção para os maiores volumes de água e ao maior risco para temporais na metade oeste gaúcha devido a formação de uma área de baixa pressão atmosférica.

Além da chuva volumosa, as pancadas devem vir acompanhadas por raios e eventual queda de granizo. Outro destaque importante da quarta-feira é a ventania que deve atingir áreas da faixa leste e as rajadas de vento que devem ultrapassar a casa dos 70 km/h.

Últimas notícias

Buscar notícias