Jornal do Tempo | Notícias

Mato Grosso registra mais 6 mil focos de queimadas em 2 meses

Os municípios mato-grossenses com maior número de queimadas foram Paranatinga, com 514 focos e Poconé com 346 registros; Confira o tempo nos próximos dias.

06/03/2019 10:57:00

Por: Redação Somar

Nos primeiros dois meses de 2019, Mato Grosso registrou mais de 6 mil focos de queimada, ficando em quarto lugar na comparação com os outros estados brasileiros. Roraima é o campeão de focos de incêndio (21.835 focos), seguido de Mato Grosso do Sul (12.247 registros) e Bahia (9.674 focos). Os dados são do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE).

Os municípios mato-grossenses com o maior número deste tipo de incidente foram Paranatinga, com 514 focos e Poconé com 346 registros. No total 133 municípios tiveram focos de queimada sendo que em 61% dos casos os incêndios aconteceram em territórios amazônicos. Dos 30 municípios com mais focos no país, 5 eram de Mato Grosso.

As terras indígenas também foram afetadas pelos focos de queimada, sendo que as 20 com maior número de queimadas tiveram 112 registros nos dois primeiros meses de 2019.

Tempo segue no padrão de verão
Nos próximos dias além do sol e calor, há previsão de chuva em grande parte da Região Centro-Oeste. A chuva segue forte no norte do Mato Grosso, onde há condições para temporais e chuva a qualquer momento. A combinação de calor e umidade disponíveis na atmosfera mantém as condições para pancadas de chuva pelo menos até o fim da semana. Durante quinta-feira (07) há previsão de acumulados elevados em Goiás.

A sexta-feira (08) começa com sol entre poucas nuvens em todo o Centro-Oeste. As temperaturas seguem em elevação e a sensação é de tempo abafado. Até o final do dia, as instabilidades tropicais aumentam o risco de chuva, com forte intensidade, acompanhada de trovoadas e rajadas de vento.

Frente fria avança e influência Mato Grosso do Sul
O avanço de uma frente fria pelo Sul do País provoca chuva intensa e com
risco de temporais em Mato Grosso do Sul. Durante o fim de semana o volume de chuva pode ser alto. Nas demais áreas da Região o tempo segue quente, abafado e chuva mais isolada e passageira.

Últimas notícias

Buscar notícias