Jornal do Tempo | Notícias

Segue a condição de chuva volumosa no Sudeste

Acumulados acima de 50 mm são esperados no leste paulista, Vale do Paraíba, centro-sul de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Há risco para transtornos.

06/02/2019 12:02:00

Por: Redação Somar

A semana começou com o avanço de uma frente fria que rompeu o bloqueio atmosférico trazendo chuva e diminuição de temperatura. A frente fria já se afastou para alto mar, mas abriu espaço para que outros sistemas meteorológicos possam se formam e provocar chuva volumosa na Região Sudeste.

Nesta quarta-feira (06) áreas de instabilidade no alto da atmosfera favorecem a formação de nuvens carregadas especialmente no leste da Região Sudeste: litoral paulista, Região Metropolitana de São Paulo, Vale do Paraíba, sul de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. A chuva pode vir a qualquer hora do dia e acumular volumes que podem passar de 50 mm.

Por conta do solo encharcado, o potencial para transtornos é elevado, especialmente em áreas de encosta. O volume acumulado tem potencial para provocar alagamentos e enchentes no leste de São Paulo e no Rio de Janeiro. Além disso, a temperatura fica amena devido o excesso de nebulosidade.

Chuva continua durante a quinta-feira (07)
Durante a quinta-feira, as áreas de instabilidade ainda atuam e mantém as nuvens carregadas em grande parte Sudeste. Chove a qualquer hora do dia, com acumulados elevados no Vale do Paraíba (SP), sul fluminense, e grande parte de Minas Gerais. Nestas áreas o volume de chuva pode chegar aos 80 mm acumulados, o que mantém o potencial para transtornos nas áreas de risco, como deslisamentos de encostas.

Mais ao interior de São Paulo a instabilidade diminui e as pancadas de chuva vem de forma mais isolada no período da tarde. No interior paulista, as temperaturas seguem em gradual elevação.

Brumadinho (MG)
A expectativa é de uma quinta-feira (07) com céu nublado, com chuva a qualquer momento, podendo assim, ter um acumulado bastante expressivo na região de Brumadinho com volumes que devem variar entre 60 mm e 80 mm.

Fim da semana
A tendência é que no fim da semana, a partir de sexta-feira (08), a instabilidade diminua sobre São Paulo e Rio de Janeiro. As nuvens carregadas vão se deslocar entre o Espírito Santo e norte de Minas Gerais, onde os acumulados podem superar os 30 mm em alguns pontos.

Últimas notícias

Buscar notícias