Jornal do Tempo | Notícias

Calorão próximo de 40°C no Rio de Janeiro

Os dias mais quentes devem ser a sexta-feira (18) e o domingo (20), onde os termômetros podem bater os 40°C.

17/01/2019 16:32:00

Por: Redação Somar

O ano de 2019 começou muito quente no Brasil. Temperaturas acima de 40°C foram registradas em várias cidades, com sensação térmica chegando aos 50°C!

No Rio de Janeiro, desde que o verão começou, a maior temperatura registrada na cidade foi de 41,2°C em 03 de janeiro. Entre a virada do ano até o momento, a média das temperaturas é de 37,4°C. Enquanto que, a temperatura normal dentro da climatologia é de 31,5°C.

Calorão próximo de 40°C
A previsão é de que venha mais calor por aí com sensação térmica ainda maior para os próximos dias onde a temperatura deve variar entre 38°C e 40°C na capital carioca.

Os dias mais quentes devem ser a sexta-feira (18) e o domingo (20), onde os termômetros batem os 40°C. A previsão ainda é de chuva até o sábado, mas já no domingo, uma massa de ar quente e seco predomina e não chove.

Vale lembrar, que a chuva acontece em pontos bem isolados, atingindo bairro sim, outro não. É algo bastante comum da atual situação da atmosfera, caracterizada por muito calor e chuvas localizadas, que na maioria das vezes, vem fortes acompanhada de raios e trovoadas.

Este calorão e chuvas entre o final do dia e começo da noite se prolongam por todo o Estado fluminense. A situação é bem parecida, pois a junção das altas temperaturas e umidade favorecem as pancadas de verão, mas no domingo, uma massa de ar mais seco predomina e deixa o tempo firme.

Dias de praia
Os próximos dias são de muita praia, protetor solar e hidratação, muito bom aos turistas que vistam a cidade maravilhosa. Mas cuidado, os efeitos das altas temperaturas atinge diversos setores, como a agricultura, hídricos e energéticos, mas o principal é a saúde humana.

A exposição excessiva aos altos UV podem trazer consequências como mal-estar, queda da pressão arterial e até desmaios. O ideal é evitar atividades físicas e exposição ao sol entre as 11h e 17h, quando em horário de verão, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Últimas notícias

Buscar notícias