Jornal do Tempo | Notícias

Florianópolis e Rio de Janeiro registram máximas recordes

Santa Catarina e Rio de Janeiro bateram recorde de temperatura máxima e várias capitais registraram a maior temperatura do verão na quinta-feira (03).

04/01/2019 10:58:00

Por: Redação Somar

Muitas cidades tiveram uma tarde com valores extremos de temperatura máxima na última quinta-feira (03). Os valores passaram dos 39°C em áreas próximas ao litoral de Santa Catarina, litoral do Paraná, de São Paulo e chegou até o Rio de Janeiro. Houve quebra de recordes históricos, inclusive em capitais.

O destaque, a partir de dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), vai para o Rio de Janeiro (RJ) que marcou ontem 41,2ºC. Esta foi a sexta maior máxima da série histórica (que inicia em 1961) para um mês de janeiro. Para se ter uma ideia, até o momento, o valor absoluto para a capital fluminense ainda são os 43,2ºC observados em 26 de dezembro de 2012.

Florianópolis
Já em Florianópolis (SC) o valor divulgado foi de 39,7ºC, configurando a maior temperatura máxima absoluta para a capital catarinense desde que iniciaram os registros. Antes, o recorde histórico de temperatura máxima era de 38,8°C, do dia 10 de fevereiro de 1973.

As cidades de Iguape, Registro e Santos, em São Paulo e Joinville (SC) também observaram valores acima dos 40ºC ontem. Respectivamente foram 40,1ºC entre Iguape e Registro pelo INMET, 40,5ºC em Santos pela estação da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) e Joinville marcou 40ºC, segundo dados do aeroporto local. Menção honrosa também para Morretes (PR) com valor de 39,4ºC pelo INMET.

Outras capitais mais quentes do verão
Outro destaque de ontem foi a tarde mais quente do verão observados em algumas capitais brasileiras, tais como Campo Grande, MS: 33°C, Cuiabá, MT: 35,3°C, Curitiba, PR: 31,4°C, Goiânia, GO: 34,3°C, João Pessoa, PB: 33°C, Palmas, TO: 36,4°C, São Luis, MA: 33,2°C, Teresina, PI: 35,1°C e Vitória, ES: 35,1°C.

Últimas notícias

Buscar notícias