Jornal do Tempo | Notícias

Expectativa de retorno gradual da chuva no Centro-Sul

Os maiores acumulados previstos se concentram na Fronteira Oeste gaúcha e áreas da fronteira com o Uruguai, com volumes superiores aos 100 mm.

02/01/2019 11:00:00

Por: Redação Somar

O ano de 2019 começa com expectativa de retorno gradual das chuvas por áreas do Centro-Sul do País, porém essas instabilidades ainda se formam de maneira irregular.

Os maiores acumulados previstos nesta semana se concentram na Fronteira Oeste gaúcha e áreas da fronteira com o Uruguai, com volumes superiores aos 100 mm entre os dias 02/01/18 e o dia 06/01/19.

Além disso, áreas de instabilidade associadas a passagem de frentes frias costeiras vão organizar chuvas mais significativas entre a faixa que vai desde o leste catarinense ao centro sul de Minas Gerais.

Áreas produtoras de café do sul mineiro inclusive devem receber chuvas abrangentes e também com acumulados superiores aos 100 mm. Já para as áreas mais afetadas com a estiagem no decorrer de dezembro de 2018, os modelos de previsão indicam chuvas mais frequentes, mas não tão volumosas entre o oeste do Paraná e Mato Grosso do Sul, os acumulados devem variar bastante na região, algo em torno de 15 até 50 mm.

Temperaturas máximas se aproximam de 40°C
O calor persiste na maior parte do país nos próximos dias. De modo geral, as maiores temperaturas serão registradas nas áreas de fronteira com o Paraguai e Argentina, assim o destaque fica por conta das altas temperaturas previstas no oeste da região Sul e de Mato Grosso do Sul, com máximas se aproximando dos 40°C.

Apenas a partir do dia 05/01/19, após a passagem de uma frente fria pelo Sul, é que as temperaturas tendem a diminuir um pouco na região, porém longe de fazer frio, as temperaturas seguem na casa dos 30° na maior parte da região. Com relação as mínimas, na maior parte do país as manhãs começam com termômetros entre os 15 e os 21°C.

Últimas notícias

Buscar notícias