Jornal do Tempo | Notícias

Após Junho com chuva acima da média, Julho começa seco em Vitória

Frentes frias costeiras foram as responsáveis pela chuva no litoral do Espírito Santo e região de Vitória

03/07/2018 09:01:00

Por: Redação Somar

Como Vitória, capital do Espírito Santo, registrou chuva acima da média climatológica sendo que o predomínio na maior parte do Sudeste e do país foi de tempo seco durante o mês de junho? Esse tipo de questionamento é comum, mas quando se trata de condições atmosféricas tudo pode acontecer.

A chuva não foi frequente, porém os poucos episódios que ocorreram foram marcados por grande volume de água. O maior acumulado registrado na capital Capixaba ocorreu no dia 19 de Junho, com 67,6 mm em apenas 24 horas, e o segundo dia de maior registro de chuva foi no dia anterior, 18 de junho, com volume acumulado de 40,2mm.

A média climatológica para o mês de junho é de um acumulado em torno de 56 mm. Neste junho de 2018, choveu aproximadamente 148 mm, segundo dados do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia), sendo assim 163% acima da média climatologica.

Entenda o que provocou acumulados acima da média
A falta de chuva na maior parte do país foi e continua sendo influenciada por um bloqueio atmosférico. Este sistema conhecido pelos meteorologistas ocorre devido a atuação de uma área de alta pressão atmosférica, que favorece a instalação de uma massa de ar seco sobre o interior do Brasil. Essa massa de ar seco inibe a formação das nuvens mais carregadas, e é por isso que a chuva ficou abaixo da climatologia na maior parte das regiões brasileiras.

A função do bloqueio atmosférico é fazer com que as frentes frias avancem em direção ao oceano, ou seja, quando os sistemas frontais conseguem avançar do Sul em direção ao Sudeste, a chuva ocorre de forma bastante costeira. É por isso que as pancadas de chuva ocorreram de forma generosa na capital capixaba.

Como será o mês de julho?
O mês de Julho começou com predomínio de tempo seco na região e a semana promete ser de tempo aberto e com sol em Vitória. Assim, não há expectativa de novas frentes frias avançar pela costa do Sudeste até pelo menos dia 10 de Julho.

Até lá as máximas ficam entre 27 e 28 graus por conta do predomínio de sol, e somente a partir do dia 11 de Julho, é que volta a chover na costa do Espírito Santo com a passagem de uma frente fria pela costa do Sudeste.

Entretanto este sistema garante poucos dias de tempo instável e logo em seguida, conforme a frente fria se afasta, o tempo firme volta a predominar em Vitória (ES).

Últimas notícias

Buscar notícias