Jornal do Tempo | Notícias

Temprestades Aletta e Maliksi enfraquecem enquanto Furacão Bud ganha força

Formado no Oceano Pacífico Nordeste, o Furacão Bud ganhou força nas últimas 24 horas e nesta segunda-feira (11) mantém rajadas acima de 200km/h

11/06/2018 13:59:00

Por: Redação Somar

Formado no domingo (10) no Oceano Pacífico Nordeste, o Furacão Bud ganhou força nas últimas 24 horas e nesta segunda-feira (11) mantém rajadas acima de 200km/h, o que o deixa como um furacão de categoria 2 da escala Saffir-Simpson de classificação de furacões, que vai de 1 a 5.

Atualmente, Bud se encontra a 370km da costa do México e se desloca para noroeste. A previsão é de que Bud ganhe força, se tornando um furacão de categoria 3 até o final do dia, deixando as regiões de Jalisco e Colima, no México, em estado de atenção.

Após isso, é previsto que a tormenta perca força e siga em direção a Baixa Califórnia Sur, no México, causando transtornos nas cidades costeiras ao Golfo da Califórnia na quarta-feira (13).

Furacão Aletta
Nesta segunda-feira (11), o Furacão Aletta que se encontra em alto-mar a mais de 950km da costa do México no Oceano Pacífico Nordeste, segue perdendo força, com rajadas de vento próximas de 90km/h.

O Furacão Aletta se formou na quinta-feira (07), a no Oceano Pacífico Nordeste, a 700km da costa oeste do México com rajadas de vento até 117km/h.

A tormenta foi a primeira da temporada a se formar nesta parte do Pacífico. Seu pico de intensidade foi na manhã de sexta-feira(08) quando atingiu a categoria 4 da escala Saffir-Simpson. O sistema porém, não passou por nenhuma área habitada.

Tempestade Tropical Maliksi
A Tempestade Tropical Maliksi, que se encontra no Oceano Pacífico Noroeste a 300km de distância da costa de Chiba, no Japão, segue nesta segunda-feira com ventos de 80km/h. A previsão é de que Maliksi continue perdendo força e se deslocando paralelo a costa do Japão, se dissipando na tarde de terça-feira (12).

A tormenta se iniciou na última sexta-feira (08) próximo à costa das Filipinas, causando chuvas torrenciais e inundações no país. Maliksi já vinha causando estragos pelas Filipinas dias antes e, quando ganhou intensidade de depressão tropical, o governo Filipino nomeou a tempestade de Domeng, na terça-feira passada (05).

Porém, a Agência Japonesa de Meteorologia (JMA) renomeou-a para Maliksi na quinta-feira (07) e se tornou o nome usado internacionalmente.

Últimas notícias

Buscar notícias