Jornal do Tempo | Notícias

Litoral do Nordeste segue com chuva

Apesar da precipitação na faixa litorânea, interior da região permanece com tempo seco há mais de dois meses

08/06/2018 17:17:00

Por: Redação Somar

Uma frente fria avança pela costa do Sudeste e atinge o litoral sul da Bahia Trazendo chuva neste fim de semana. O céu fica nublado e as pancadas de chuva ocorrem a qualquer momento já neste sábado (09), com intensidade entre fraca e moderada.

No domingo (10), a frente fria avança pela costa da Bahia e começa a influenciar o tempo em Salvador. Será mais um dia com céu encoberto e com possibilidade de pancadas de chuva a qualquer hora do dia.Com relação às temperaturas, o tempo mais fechado ajuda a dar trégua no calorão e as máximas ficam mais amenas.

Enquanto isso o interior nordestino, o qual abrange áreas do oeste da Bahia, oeste de Pernambuco, sul do Piauí e também do Maranhão, vem sofrendo com a estiagem que já completa 84 dias em algumas áreas, como no município de Guanambi, no oeste baiano. Esse tempo sem chuva sofre influência de uma massa de ar seco persistente, que inibe a formação de nuvens de chuva.

No litoral norte do Nordeste, a condição do tempo é a mesma dos últimos dias. A ZCIT (Zona de Convergência Intertropical), faixa de nuvens carregadas que desce para o norte do Nordeste nesta época do ano, favorece as instabilidades e a chuva ocorre de forma constante e abrangente sobre as praias do norte nordestino. A chuva não é volumosa, mas a persistência ao longo do dia impede que os banhistas aproveitem o sábado na praia.

Durante o domingo, a circulação dos ventos favorece a entrada de umidade do oceano em direção ao continente, e com isso, as instabilidades ganham força e a chuva se torna mais volumosa nas praias no noroeste do Maranhão. Nas demais áreas, a chuva é persistente, mas pouco expressiva.

O tempo seco ainda vai predominar ao longo dos próximos dias no interior, enquanto nas áreas litorâneas a chuva segue persistente, ainda que de forma pouco expressiva e com baixos acumulados, sob a influência dos ventos úmidos que sopram do oceano em direção ao continente. No entanto, a tendência é de que a chuva comece a perder força também sobre as áreas do litoral, como é o caso do Ceará e do Rio Grande do Norte.

Últimas notícias

Buscar notícias