Jornal do Tempo | Notícias

Previsão de chuva forte no Sul do País

Temporais provocaram estragos e ainda persistem nesta quinta-feira (15)

15/03/2018 09:56:00

Por: Livia Fernanda

Os temporais que atingiram diversas cidades do Sul do Brasil entre a quarta-feira (14) e a manhã desta quinta-feira (15), foram causados pela combinação do calor da tarde e de instabilidades tropicais, conhecidas por Alta da Bolívia. Para hoje, a previsão ainda é de chuva forte, desta vez auxiliados por uma frente fria que se forma na costa e avança rapidamente em direção ao Sudeste. A expectativa é de que ainda pela manhã a chuva diminua no Rio Grande do Sul, e de que aumente em Santa Catarina e Paraná – onde prosseguem até a sexta-feira (16). Há condição para chuva volumosa, trovoadas, ventania e até mesmo queda de granizo.

Para os próximos dias, é esperado um acumulado acima de 50mm em diversas áreas do Rio Grande do Sul e leste do Paraná, incluindo a capital Curitiba.

Chuva traz transtornos para a região Sul
O Paraná foi o primeiro estado a ser atingido pelos temporais, ainda na tarde de ontem. Cidades como Cascavel e Curitiba foram tomadas por alagamentos. Mais tarde, a chuva se espalhou por Santa Catarina e hoje abrange boa parte do Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a chuva foi mais intensa na zona norte e também trouxe alagamentos.

Segundo dados do CEMADEN (Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais), no Paraná choveu 95mm em Pinhais, 92mm em Itaperuçu, 89mm em Rio Branco do Sul, 88mm em Curitiba e 76mm em Cascavel. Estes números representam que choveu o equivalente a 20 dias em apenas algumas horas. Em Santa Catarina, as cidades de Seara e Irani registraram 94mm, 58mm em Corupá e 55mm em Abelardo Luz.

Ainda de acordo com o CEMADEN, os acumulados foram mais altos o Rio Grande do Sul. Em Itaqui, na fronteira oeste, choveu 133mm (71% do normal para março), 111mm em São Borja e 77mm em Ijuí. Em Porto Alegre foram 45mm no bairro São João (ou 43% do normal para o mês).


Ventos fortes
Os ventos passaram dos 80km/h no oeste do Paraná, segundo o SIMEPAR (Sistema Meteorológico do Paraná). Já o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) registrou rajadas de vento de até 90km/h em Quaraí (RS).


Raios
Foram detectados mais de 3.500 descargas atmosféricas totais ontem em Cascavel, PR e mais de 2.600 em Curitiba, PR, de acordo com o sistema de detecção de raios da Somar Meteorologia. Os raios totais englobam os que caem no solo e os que ocorrem dentro das nuvens.

Últimas notícias

Buscar notícias