Jornal do Tempo | Notícias

Temperaturas elevadas deixam o tempo com cara de verão no país

Inverno termina com máximas acima dos 30ºC no interior do Brasil e possibilidade de maiores temperaturas do ano

12/09/2017 14:31:00

Por: Monique Gentil

A semana está com a cara do verão no interior do país. As capitais de São Paulo, Paraná e Goiás registraram as maiores temperaturas do inverno nesta segunda-feira (11), com 31,9ºC, 30,7ºC e 35,5ºC respectivamente, segundo o INMET (Instituto Nacional de Meteorologia).

Segundo o meteorologista Celso Oliveira, da Somar Meteorologia, o calor é esperado nesta época do ano. “O tempo seco é característica do inverno no Brasil. Com a falta de chuva, a alta incidência de radiação solar somada ao ar mais seco faz com que as temperaturas se elevem neste final de estação principalmente no interior do país”, explica.

O profissional ainda destaca a atuação de um bloqueio atmosférico que segura a chuva atualmente na região Sul. “Além disso, as águas do Atlântico sul estão com as temperaturas acima do normal e tudo isso contribui com a entrada de ar mais quente para o Paraná e para as regiões Centro-Oeste e Sudeste, além de parte da região Norte”.

A previsão da Somar é de que o calor continue predominante nestas áreas e o meteorologista não descarta a possibilidade de algumas cidades registrarem as temperaturas mais altas do ano. Na capital paulista, as máximas podem chegar aos 35ºC nesta sexta-feira (15), enquanto em Palmas, capital do Tocantins, as temperaturas que já tem chegado perto dos 40ºC podem bater os 41ºC até o fim de semana.

E quando a chuva volta?

De acordo com Oliveira, a chegada da primavera em 23 de setembro deve trazer grandes mudanças para o Centro-Oeste e Sudeste. “Com o enfraquecimento do bloqueio, instabilidades conseguem avançar até o interior do país, trazendo pancadas de chuva para cidades que não registram precipitações durante o inverno, logo na virada da estação”.

O retorno da chuva deve trazer um alivio para o calor, mas as fortes rajadas de vento que antecedem as pancadas pedem atenção, além disso, as precipitações devem vir acompanhadas de um aumento significativo na incidência de raios.

Últimas notícias

Buscar notícias