Jornal do Tempo | Notícias

Chuvas se intensificam no Centro-Oeste e comportas da barragem do Paranoá, em Brasília, foram abertas

No fim de semana, os maiores volumes de chuva serão observados em Mato Grosso do Sul

27/03/2014 16:09:00

Por: Rafaela Vendramini


Março se consolida como o mês mais chuvoso do ano no Distrito Federal, enquanto os dois primeiros meses de 2014 tiveram acumulados abaixo da média, nos últimos 26 dias choveu 66% acima do normal em Brasília-DF, com um volume de 313mm, sendo que o esperado girava em torno dos 188mm. Por causa do excesso de água, hoje foi a segunda vez no mês que as comportas da barragem do Paranoá foram abertas na capital federal. A medida foi tomada para evitar o transbordamento do lago.

O problema é que nos próximos dias as chuvas não dão trégua no Centro-Oeste. Em Brasília-DF, as previsões indicam acumulados acima dos 100mm até o dia 10 de abril. Outro destaque é a formação de uma área de baixa pressão no norte da Argentina e Paraguai organizará o corredor de umidade que vem da Amazônia sobre o Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Portanto, neste dois Estados há previsão de fortes temporais a qualquer hora do dia, o que mantém a condição de invernada.

As chuvas começaram já na madrugada do sábado, com rajadas de vento acima dos 60km/h na região. Ao longo do dia, essa área de baixa pressão ganha força e se propaga para o Sul, organizando o corredor de umidade da Amazônia sobre no Centro-Oeste. Em Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são previstos fortes temporais a qualquer hora do dia. Segundo a Somar Meteorologia, a metade sul de Mato Grosso do Sul receberá os maiores volumes de chuva.

Em Dourados-MS deverá chover até 80mm ao longo do fim de semana, o volume de água previsto para os últimos dias de março correspondem a mais da metade da média de chuva do mês todo na cidade. De todo o Centro-Oeste, a única área seca e com acumulados abaixo do normal é o norte de Mato Grosso.

Últimas notícias

Buscar notícias