Jornal do Tempo | Notícias

Sobe para seis o número de mortos por causa das chuvas no Espírito Santo e o Natal será chuvoso no Estado

Já são 400 famílias fora de suas residências e quatro quedas de barreira nas estradas

23/12/2013 11:31:00

Por: Rafaela Vendramini

O Governo estadual do Espírito Santo decretou situação de emergência para todo o Estado, por causa das chuvas fortes dos últimos dias. Dois 22 dias desse mês, a cidade de Vitória-ES não registrou precipitações em apenas quatro. Até o momento seis pessoas morreram por causa dos temporais, duas em Itaguaçu-ES e uma em Colatina-ES, outra em Nova Venécia-ES, a quinta vítima fatal foi em Baixo Guandu-ES e a última em Domingos Martins-ES. Segundo as informações da Defesa Civil, 50 cidades foram afetadas por deslizamentos de terra, alagamentos e transbordamentos de rios.

Os prejuízos não ficam restritos aos municípios. Os elevados acumulados de chuva provocaram quedas de barreiras nas estradas. O asfalto da rodovia Contomo cedeu no quilômetro 280. A BR-262, no quilômetro 32 e a BR-259 no quilômetro 12 o trânsito flui apenas em meia pista. No município de Serra-ES a estrada fico completamente bloqueada no quilômetro 257.

Na capital capixaba já choveu 539mm, um valor quase 200% acima da média para todo o mês. Por conta dessa chuva toda, cinco casas desabaram na cidade, pelo menos ninguém ficou ferido. Além disso, 35 linhas de ônibus da Grande Vitória tiveram seus trajetos alterados, também por causa das fortes precipitações.

Subiu para 40.150 o número de pessoas que deixaram suas casas por causa das fortes chuvas que atingem o Espírito Santo. São 5.307 desabrigados, que estão em abrigos das prefeituras. Os desalojados são 34.843 e 6.912 edificações foram danificadas. Desde sábado o Governador do Espírito Santo decretou situação de emergência nos 78 municípios da federação. Homens da Força Nacional já estão em território capixaba para ajudar no resgate as vítimas.

[*BPrevisãoB*]

As chuvas mais intensas persistem sobre o Estado do Espírito Santo nesta segunda-feira. A véspera de Natal será com tempo instável sobre a maior parte do Sudeste, por conta da umidade vinda da Região Amazônica e um sistema de baixa pressão na costa, que favorece o desenvolvimento de áreas de instabilidade. A sensação de abafamento continua predominando especialmente na faixa norte paulista com temperaturas que passam de 30ºC à tarde.

Na quarta-feira, áreas de instabilidades mais intensas atingem mais uma vez o Espírito Santos. O Natal será de preocupação para a população capixaba, pois as chuvas serão fortes. As precipitações do dia 25 de dezembro serão causadas pelos ventos úmidos, que sopram do Oceano e formam nuvens carregadas sobre o Estado.

Últimas notícias

Buscar notícias