Jornal do Tempo | Notícias

Frente fria mantém o tempo instável sobre o Sudeste nesta quarta-feira e há risco de temporais

Sol predomina e índice ultravioleta fica alto entre o RS e interior de SC. No Nordeste, o alerta é para a baixa umidade relativa do ar

02/10/2013 08:57:00

Por: Deliane Assis

A presença de uma frente fria e de uma área de baixa pressão atmosférica mantém o tempo instável sobre a Região [*BSudesteB*] nesta quarta-feira. Logo no início da manhã já choveu forte na região da Mogiana, no Estado de São Paulo. A cidade de Itapira acumulou 30mm em apenas 1 hora, entre 6h e 7h, o que correspondeu a 20% da média de outubro. Somando-se a chuva da hora anterior, o acumulado já chega aos 40mm, sendo a quinta maior chuva do ano até então.

De acordo com os meteorologistas da Somar, as chuvas continuam no decorrer desta quarta-feira e há risco de chuvas fortes e temporais isolados ainda pela manhã no interior de São Paulo. Ao longo do dia, ocorre variação de nebulosidade até com curtos períodos de sol entre nuvens, alternados com pancadas de chuvas. No final da noite, volta a chover de forma forte no oeste de São Paulo e também na divisa entre Minas Gerais e o Rio de Janeiro.

Na Região [*BSulB*], chove forte no norte do Paraná ainda pela manhã e há com risco de temporais .Na faixa entre o litoral paranaense e catarinense o dia segue com bastante nebulosidade e chuvas isoladas. Além disso, na metade leste do Paraná chove de forma rápida e isolada no final da tarde.
Já entre o Rio Grande do Sul e interior de Santa Catarina, o tempo segue firme e com sol entre nuvens e os moradores dessas regiões devem passar protetor solar e evitar exposição ao sol entre as 10h e 16h por conta do alto índice ultravioleta.

No [*BCentro-OesteB*], as áreas de instabilidade perdem intensidade mas mesmo assim, o tempo segue com grande variação de nebulosidade e chuvas isoladas. Sobre a metade norte do Mato Grosso e o norte de Goiás, não há previsão de chuva e por conta do predomínio do sol, o calor se intensifica nesta área. No restante do Brasil Central, mesmo com as chuvas mal distribuídas o calor segue sendo fator predominante.

Pancadas de chuvas associadas às instabilidades tropicais também provocam chuvas no [*BNorteB*] do país, principalmente entre o norte e oeste do Amazonas, oeste do Pará, Roraima e Acre, e não se descarta o risco para temporais isolados. No Tocantins, metade leste do Pará e em Rondônia o tempo fica seco e o sol aparece junto de pouca nebulosidade ao longo do dia. Além disso, o calor segue intenso, principalmente à tarde.

No [*BNordesteB*], o tempo seco e o sol ainda predominam em grande parte dos Estados. Apenas no litoral há variação de nebulosidade, com condição de chuva isolada e de baixo acumulado. Além disso, chove também no norte do Maranhão. O calor segue tomando conta do Nordeste, especialmente no sertão do Piauí, onde além das altas temperaturas a umidade relativa do ar fica extremamente baixa, deixando inclusive alguns municípios em Estado de Emergência.

Últimas notícias

Buscar notícias