Jornal do Tempo | Notícias

Serra Catarinense amanhece com temperatura negativa nesta quinta-feira

Frio diminui nos próximos dias e sol predomina hoje e amanhã. O tempo muda na Região novamente no sábado

26/09/2013 08:44:00

Por: Deliane Assis

A presença de uma massa de ar polar provoca mais uma manhã gelada no Sul do país e devido ao tempo mais aberto em algumas regiões durante a madrugada, as temperaturas caíram ainda mais nesta quinta-feira. A cidade de Urupema, na Serra Catarinense, registrou o menor valor do Brasil hoje com mínima de -2,9°C, segundo dados do Ciram.

Nas estações automáticas do Inmet, a mínima hoje em Santa Catarina foi de -0,8°C em Bom Jardim da Serra e 0,7°C em São Joaquim. No Rio Grande do Sul, o frio foi mais intenso e São José dos Ausentes, onde fez 1,3°C e em Vacaria com 2,8°C. No Paraná, os termômetros marcaram 4°C em General Carneiro e 4,9°C em São Mateus do Sul.

No decorrer do dia o sol predomina no Sul do país, mas ainda faz frio nos três Estados, com máxima de apenas 15°C na Serra de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul e de 18°C no leste e sul do Paraná. De acordo com os meteorologistas da Somar, apenas no litoral do Paraná os ventos úmidos que sopram do mar deixam o dia mais nublado e provocam chuvas isoladas.

De acordo com os meteorologistas da Somar, amanhã o dia ainda começa com temperaturas baixas e há condição para geadas na região serrana. Mesmo assim, o frio perde força em relação aos dias anteriores e a mínima fica na casa dos 3°C na Serra de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul e acima dos 6°C nas demais regiões. À tarde, o sol predomina e os termômetros sobem ainda mais e chegam aos 27°C no noroeste do Paraná e aos 24°C no noroeste do Rio Grande do Sul.

O tempo volta a mudar no Sul do país na madrugada do sábado com a chegada de novas áreas de instabilidades entre o sul do Paraná e o norte do Rio Grande do Sul. Ainda pela manhã há previsão de chuva forte e não se descarta o risco de temporais isolados, principalmente no planalto paranaense. Ao longo do dia chove entre a metade sul paranaense e a metade norte gaúcha, inclusive nas regiões já bastante castigadas pelas chuvas. No entanto, os volumes previstos são menores do que os registrados no último fim de semana. No final da noite as instabilidades avançam para o restante da Região. Apesar do frio da madrugada perder intensidade, as máximas não sobem muito em toda a Região por conta do tempo fechado.

Últimas notícias

Buscar notícias