Jornal do Tempo | Notícias

Dias nublados e excesso de chuvas prejudicam a produção de tomate no país

Umidade aumenta a proliferação de doenças na planta e atrapalha a colheita

30/01/2013 15:32:00

Por: Rafaela Vendramini


O Estado de Goiás é o principal produtor de tomate do Brasil, responsável por 30% da produção nacional. Mas o excesso de chuvas de janeiro tem prejudicado as plantações da fruta, não apenas no território goiano. A economia da cidade de Goianápolis-GO gira em torno das lavouras de tomate, mas esse ano deve haver uma queda na produção, pois o normal seria chover cerca de 240mm na região, mas nos últimos 30 dias o volume de chuva chegou a 347mm, um acréscimo de 47% na média do município para esse período.

Agricultores de Minas Gerais e do Espírito Santo também vêm sofrendo com os altos volumes de chuvas e principalmente, com os vários dias consecutivos de céu fechado e chuvas a qualquer hora. Muitos produtores dessas regiões estão com dificuldades para retirar do campo os frutos, além de que, o excesso de umidade sobre as plantas tem elevado os índices de proliferação de doenças. Com isso, os custos da produção também aumentam, já que é necessário aplicar mais de um vez dos agrotóxicos.

Em Venda Nova – ES, choveu em janeiro exatamente a média, 280 mm, mas o grande problema, não são os volumes, e sim a quantidade de dias com chuva. Na média dos 30 dias até agora registrados, 21 foram chuvosos na cidade. “E com o tempo nublado, as temperaturas ficaram mais baixas do que o normal para essa época do ano, o que prejudica todas as atividades de campo, desde a colheita e o plantio até a realização dos tratos culturais, como aplicação de defensivos agrícolas”, explica o agrometeorologista da Somar, Marco Antonio dos Santos.

Segundo os meteorologistas da Somar, para os próximos 15 dais são esperadas mais chuvas sobre toda a faixa central do Brasil, desde Goiás ao Espírito Santo. Essas chuvas são provocadas pela ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul), que além de trazer chuvas, deixa os dias bem nublados. Em Santa Catarina, São Paulo e Rio de Janeiro, que são outros produtores da fruta, o restante dessa semana ainda será de chuvas na forma de pancadas, porém com a chegada de uma nova frente fria no final de semana o tempo volta a fechar e há previsões até para uma pequena invernada.

Últimas notícias

Buscar notícias