Jornal do Tempo | Notícias

Furacão Sandy deixa mais de 20 mortos no Caribe e deve passar pela costa leste dos EUA nas próximas horas

26/10/2012 09:53:00

Por: Rafaela Vendramini

O furacão Sandy, que se formou na segunda-feira, 22, já passou por vários países da América Central e deixou destruição e mortes. Somente no Caribe o fenômeno fez 21 vítimas fatais, uma pessoa morreu na Jamaica e outra no Haiti. Além disso, mais de 55 mil pessoas ficaram desabrigadas em Cuba por causa da tormenta. Neste momento Sandy caiu da categoria 2 para a 1 e segue em direção a costa lesta dos Estados Unidos com ventos de 130km/h. Nas próximas 24 horas o furacão deve chegar a Washington, capital americana e a Nova York, ainda classificado na categoria 1 da escala Saffir-Simpson. Hoje a tormenta está na altura de Miami, mas por estar longe do litoral causa apenas chuvas e ventos fortes na Flórida. Segundo as simulações Sandy deve perder força apenas quando atingir o continente. A escala de furacões Saffir-Simpson vai de 1 a 5. Para ser classificado como categoria 1 os ventos devem variar entre 119km/h a 153km/h. Outra tempestade tropical passa pelo Oceano Atlântico, porém sem causar prejuízos ou transtornos. O Tony segue com ventos de 65km/h e logo deve se transformar em uma depressão tropical e se dissipar. Os meteorologistas da Somar explicam que o furacão é um ciclone tropical que se forma quando há pressão atmosférica baixa e ar quente e úmido do oceano. Uma grande área de nuvens surge e começa a girar, dando origem à forma espiral característica. Geralmente, se dissipa quando atinge o continente.

Últimas notícias

Buscar notícias