NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) Nesta quarta-feira (23) O Nordeste volta a ser a Região que amanhece com chuva, mais especificamente na Bahia. Os ventos que sopram do mar, associados a um antigo sistema frontal no oceano e ventos no alto da troposfera, jogam muita umidade contra a costa e deixam o tempo bastante instável e chuvoso na faixa que vai do sul baiano até a região entre Pernambuco e Paraíba. No Norte, as instabilidades associadas ao calor e umidade trouxeram chuvas mais significativas ao Pará. Nas demais áreas, o tempo segue sem chuva, mesmo entre o leste de Santa Catarina, do Paraná e de São Paulo e em grande parte de Minas Gerais, onde há muita nebulosidade. O contraste térmico entre o interior do continente, quente) e as áreas mais ao sul e leste das regiões Sul e Sudeste, frio é intenso e gera ventos moderados constantes, especialmente no Paraná e em São Paulo. (ESTIAGEM - BRASÍLIA) Não chove na Capital Federal há pelo menos 91 dias seguidos. É o maior período consecutivo de dias sem chuva desde 2007, quando a estiagem durou 119 dias em Brasília. (ESTRAGOS - CEARÁ) Em Viçosa do Ceará, CE), uma ventania de até 85km/h destelhou casas e comércios, principalmente na periferia do município. Um muro caiu. De acordo com a Defesa CIvil, não houve feridos, de acordo com informações da imprensa (FRIO - SÃO PAULO) A média das temperaturas máximas de agosto em São Paulo, SP, segundo dados preliminares até o momento, é de 21,1ºC - menor que a média climatológica do mês, que é de 23,3ºC. Além disso, é a menor média das temperaturas máximas para um mês de agosto desde 2003, quando houve registro de 20,8ºC. Desde 2004 (23,1ºC), não registramos uma média mensal das temperaturas máximas inferior à média climatológica num mês de agosto. (GEADA) Ontem (22) pela manhã houve registros de geadas moderadas em Bom Jesus, RS e Irati, PR. (QUEIMADAS) De acordo com satélites de monitoramento de queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), só ontem, 22), o Brasil foi responsável por 1280 focos de queimada. Do total de focos no País, 16% deles foram registrados no estado do Tocantins, 16% no Pará, 11% no Amazonas, e 11% em Maranhão. (CHUVA) Pelo Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), das 21h de ontem até 8h de hoje: Itamaraju, BA: 42mm Rondon do Pará, PA: 36mm Itaituba, PA: 28mm Caravelas, BA: 21mm Porto Seguro, BA: 20mm Manaus (Rio Urubu), AM: 20mm Jacobina, BA: 10mm (VENTO) Pelo INMET, nesta madrugada e manhã: Morro da Igreja, SC: 99,4km/h Porto Seguro, BA: 84,6km/h Rondon do Para, PA: 74,5km/h Palmas, TO: 67,7km/h Canela, RS: 64,8km/h Caçapava do Sul, RS: 61,2km/h Tramandaí, RS: 60,1km/h Guanambi, BA: 59km/h Bento Gonçalves, RS: 58,7km/h Piatã, BA: 56,2km/h Mostardas, RS: 56,2km/h São Joaquim, SC: 56,2km/h (NEVOEIROS) Pelos aeroportos, nesta manhã: Barbacena, MG: nevoeiro (visibilidade reduzida a 700m) (UMIDADE RELATIVA) Pelo INMET, ontem pelo menos 116 cidades registraram umidade relativa do ar igual ou abaixo de 30%. Destas: 26 cidades em estado de alerta (20 a 13%) 74 cidades em estado de atenção (21% a 30%) Paranã, TO: 15% - Estado de Alerta Palmas, TO: 16% - Estado de Alerta Dianópolis, TO: 16% - Estado de Alerta Patos, PB: 16% - Estado de Alerta Formoso do Araguaia, TO: 17% - Estado de Alerta Marianópolis do Tocantins, TO: 17% - Estado de Alerta Nova Ubiratã, MT: 17% - Estado de Alerta Gaucha do Norte, MT: 17% - Estado de Alerta Santa Rita de Cassia, BA: 18% - Estado de Alerta São Joao do Piaui, PI: 18% - Estado de Alerta Bom Jesus do Piaui, PI: 18% - Estado de Alerta Santa Rosa do Tocantins, TO: 18% - Estado de Alerta Araguaçu, TO: 18% - Estado de Alerta Goiás, GO: 19% - Estado de Alerta Canto do Buriti, PI: 19% - Estado de Alerta Gurupi, TO: 19% - Estado de Alerta Gilbués, PI: 19% - Estado de Alerta São Raimundo Nonato, PI: 19% - Estado de Alerta Lagoa da Confusão, TO: 19% - Estado de Alerta Alvorada do Gurgeia, PI: 19% - Estado de Alerta Mateiros, TO: 20% - Estado de Alerta Oeiras, PI: 20% - Estado de Alerta Jaguaribe, CE: 20% - Estado de Alerta Quixeramobim, CE: 20% - Estado de Alerta Alto Parnaiba, MA: 20% - Estado de Alerta Castelo do Piaui, PI: 20% - Estado de Alerta Capitais que entraram em Estado de Atenção: Goiânia, GO: 24% Teresina, PI: 30%