NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) A combinação das Ondas de Leste e a ação de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) continua favorecendo chuvas volumosas no Nordeste do Brasil. Mais uma vez choveu de forma intensa na faixa leste, com destaque nas últimas horas para João Pessoa, PB. No Sul, um sistema frontal no oceano é alimentado por um corredor de umidade e a chuva, apesar de menos intensa, prosseguiu no norte gaúcho até o sul do Paraná. No Sudeste, chamou a atenção hoje a formação de nevoeiros. Segundo a Infraero, 8 voos estavam atrasados e 11 foram cancelados nos aeroportos do Brasil até 8h da manhã. (CHUVA-ESTRAGOS-NORDESTE) No Nordeste, as chuvas frequentes e volumosas causaram a morte de pelo menos quatro pessoas em Maceió, AL. Pelo menos mil famílias tiveram que abandonar suas casas na Capital. Em Marechal Deodoro, AL, mais 600 famílias foram desalojadas. Em Rio Formoso, PE, a cidade ficou inundada, inclusive um hospital. Um hospital de campanha será montado em parceria com o exército, segundo informações da imprensa local. O presidente Michel Temer, em visita às áreas atingidas em Alagoas e Pernambuco, anunciou liberação de verbas emergenciais para a região. (CHUVA-ESTRAGOS-SUL) As chuvas dos últimos dias ainda trazem transtornos ao Rio Grande do Sul, especialmente no norte e noroeste. Já são 7 cidades em situação de emergência: Campo Novo, Três Passos, Coronel Bicaco, Tiradentes do Sul, Tenente Portela, Santo Augusto e Cristal. No sábado a cidade de Sertão teve vendaval com danos em estruturas. Houve até mesmo especulação sobre a passagem de um tornado, que não foi confirmada. Os Vales do Caí e do Taquari registram cheias de rios e várias famílias precisaram sair de suas casas. (CHUVA) Pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN) nas últimas 24h até 8h: João Pessoa, PB: 156mm Bayeux, PB: 154mm Sirinhaém, PE: 148mm Rio Formoso, PE: 133mm Cabedelo, PB: 129mm Gameleira, PE: 123mm Sapé, PB: 120mm Ipojuca, PE: 113mm Ribeirão, PE: 100mm Pelo CEMADEN, nas últimas 96h, até 8h: Rio Formoso, PE: 425mm Ribeirão, PE: 384mm Gameleira, PE: 339mm Sirinhaém, PE: 334mm Água Preta, PE: 321mm Capela, AL: 297mm Maceió, AL: 296mm Ipojuca, PE: 291mm Cajueiro, AL: 286mm Satuba, AL: 285mm Cortês, PE: 277mm (NEVOEIROS) Pelos aeroportos, nesta manhã: Ponta Porã, MS: nevoeiro (visibilidade nula) Cabo Frio, RJ: nevoeiro (visibilidade reduzida a 50m) Guarulhos, SP: nevoeiro (visibilidade reduzida a 100m) Joinville, SC: nevoeiro (visibilidade reduzida a 100m) Barbacena, MG: nevoeiro (visibilidade reduzida a 100m) Pirassununga, SP: nevoeiro (visibilidade reduzida a 200m) Maringá, PR: nevoeiro (visibilidade reduzida a 200m) (INTERNACIONAL) As chuvas também castigam o Sri Lanka dese da semana passada. Mais de 442 mil pessoas foram afetadas pelas chuvas. Destas, mais de 100 mil tiveram que ser resgatadas das áreas alagadas pelas autoridades.