NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) Segunda-feira (22) começa com instabilidades atuando no centro-sul do País. Um corredor de umidade da Amazônia e uma região de baixa pressão atmosférica no Paraguai favorecem a formação de nuvens de chuva e afetam os estados do Mato Grosso do Sul, São Paulo e a Região Sul. A chuva atuou começou no decorrer da tarde de ontem e se manteve ao longo da noite e madrugada, levando acumulados elevados para o norte do estado Gaúcho, Santa Catarina e faixa litorânea do Paraná e São Paulo. Também são observadas pancadas de chuva se espalhando na Região Norte, associadas a instabilidades tropicais e também à Zona de Convergência Intertropical. No Nordeste, um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis continua mantendo o tempo firme na Bahia e a chuva na faixa norte. (DESTAQUES CAPITAIS) Ontem (21), a temperatura máxima em Porto Alegre, RS foi de apenas 24,8ºC pelos termômetros oficiais do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), sendo a tarde mais fria do ano desde o dia 6 deste mês. Por outro lado, ontem teve a tarde mais quente do ano nas capitais Brasília, DF (30,2ºC), Campo Grande, MS (34,0ºC) e Natal (31,6ºC), também pelo INMET. Em Curitiba, PR, o mês de janeiro até ontem totaliza 241mm de chuva, superando em 13% o normal para um mês de janeiro. Lembrando que na última sexta-feira (20) o acumulado de 94,2mm foi o maior em 24h desde 07/06/14 na capital do Paraná. (CHUVA-ESTRAGOS) São Paulo, SP foi afetada por chuva forte com granizo no período da tarde do domingo. Houve a queda de pelo menos 18 árvores, que chegou a atingir carros e provocou transtornos no trânsito. Carros foram arrastados na região de Pinheiros pela enxurrada. Além disso, um córrego Lajeado na zona leste da cidade transbordou, e ocorreram pontos de alagamentos no Centro, Zona Oeste e Leste. A cidade de Salto, SP teve registro de chuva forte ontem e que provocou o extravasamento do Rio Buru e inundações no Bairro João Jabur. Pelo menos 60 pessoas precisaram ser retiradas de suas casas pela Defesa Civil. Não há informações de feridos. Em Curitiba, PR foram reportadas quedas de árvores e alagamento de um imóvel pela Defesa Civil. O acumulado de precipitação pela estação automática do INMET foi de 45mm. Ontem, o estado gaúcho foi tomado por pancadas de chuva generalizada na noite deste domingo (22) entre a faixa central e norte do estado. Os acumulados superaram a casa dos 90mm de chuva, com rajadas de vento de até 75km/h. Na região norte do estado, em Carazinho, RS ocorreram queda de árvores e casas ficaram destelhadas segundo informações do corpo de bombeiros. Em Florianópolis, SC houve alagamentos no sul da ilha. A rodovia SC-406 chegou a ficar interditada por queda de barreira. O asfalto cedeu no km 45 no Pântano do Sul e no km 40 houve queda de muro. (RESERVATÓRIOS) As chuvas dos últimos dias têm aumentado o níuvel do açude do Boqueirão que abastece Campina Grande, PB. Foram 300 mil metros cúbicos de água entre a sexta e o sábado. O volume foi o maior em um ano com 9,84% da capacidade do reservatório. (NEVE SUÍÇA) O Instituto de Pesquisa de Neve e Avalanche em Davos, na Suíça aumentou o perigo de avalanche para o nível máximo nos Alpes Suíços. Cerca de 9 mil turistas que estão presos na região de Zermatt desde sábado ainda estão esperando uma chance de sair do local, que está com voos de helicópteros lotados. Além disso, ventos fortes estão prejudicando as operações aéreas. (NEVE JAPÃO) Uma forte nevasca que caiu em Tóquio, no Japão, provocou um acidente de carro na via expressa Chuo. Um motorista deslizou por causa da neve e o carro virou. Foi a primeira neve intensa em Tóquio depois de 4 anos. A Agência de Meteorologia do Japão emitiu alerta de risco de grande neve na capital, pedindo para as pessoas voltarem mais cedo para suas casas, nesta segunda-feira. (CHUVA) Pelas estações do INMET, das 22h de ontem até 8h de hoje: Cachoeira Paulista, SP: 53mm Florianópolis, SC: 43mm Colinas do Tocantins, TO: 40mm Presidente Figueiredo, AM: 34mm Lages, SC: 28mm INdaial, SC: 27mm Pelas estações automáticas do INMET, ontem: Ilha do Mel, PR: 135mm Cruz Alta, RS: 100mm Tupanciretã, RS: 97mm Soledade, RS: 66mm Palmeira das Missões, RS: 64mm Alegrete, RS: 60mm Ibirubá, RS: 60mm Passo Fundo, RS: 54mm Serafina Corrêa, RS: 51mm São Vicente do Sul: 48mm Santa Rosa, RS: 46mm (VENTO) Pelas estações automáticas do INMET, hoje: Cachoeira Paulista, SP: 74km/h Major Vieira, SC: 67km/h Pacajás, PA: 58km/h Pelas estações automáticas do INMET, ontem: Sorocaba, SP: 90km/h Passo Fundo, RS: 75km/h Dionisio Cerqueira, SC: 73km/h Ibotirama, BA: 69km/h Dois Vizinhos, PR: 68km/h Santo Augusto, RS: 68km/h Laguna, FAROL Santa Marta, SC: 65km/h Soledade, RS: 64km/h Mostardas, RS: 64km/h Bela Vista, MS: 61km/h Clevelândia, PR: 60km/h