NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) A segunda-feira (11) começa com instabilidades em grande parte do País. com exceção da Região Sul que, devido à atuação de uma região de alta pressão atmosférica, inibe a formação de nuvens e deixa o tempo firme. Chegou a fazer frio pela manhã com temperaturas abaixo dos 10ºC na serra catarinense. Por outro lado, as nuvens e encontram bastante carregadas em outras áreas. trata-se da circulação de ventos associados à Alta da Bolívia e também à presença de uma região de baixa pressão atmosférica no oceano. Esta região de baixa pressão chegou a ganhar nome pela Marinha. (TEMPESTADE SUBTROPICAL GUARÁ) A Marinha nomeou no sábado (09) um sistema de baixa pressão atmosférica em alto-mar entre a costa da Bahia e do Espírito Santo, de tempestade subtropical Guará (nome em Tupi Guarani que significa "ave das águas"). É a primeira tempestade deste tipo do ano no Brasil. As duas últimas vezes que tiveram tempestades nomeadas na costa brasileira foram no final do ano passado, como: Deni, em 16 de novembro, e Eçaí, em 04 de dezembro. O sistema, apesar de ter induzido chuvas em parte do Sudeste e da Bahia no fim de semana, não atinge o continente de modo propriamente dito e se encontra muito afastado no meio do Oceano Atlântico nesta segunda-feira (11). Também não é um sistema facilmente identificável nas imagens de satélite. (DESTAQUES CAPITAIS) Porto Alegre, RS registrou ontem a segunda maior temperatura da primavera, com 34,3ºC segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET). A última vez que a temperatura ficou tão elevada foi no dia 15 de novembro, quando os termômetros marcaram 35,3ºC. Cuiabá, MT registrou ontem a segunda maior precipitação do ano, com 73mm de chuva, ficando atrás somente do dia 29 de Janeiro quando o acumulado foi de 94,1mm. Salvador, BA registrou ontem a terceira maior precipitação do ano, com 50,3mm de chuva, ficando atrás somente dos dias 31 de Março e 5 de Maio, com 57,6mm e 58,9mm respectivamente. (MINAS GERAIS) A chuva no estado mineiro não dá trégua e este domingo foi mais um dia com altos acumulados de precipitação na região entre o norte mineiro e o sul baiano. A chuva dos últimos dias causou diversos estragos, entre alagamento de córregos e deslizamentos que resultaram em mortes. Segundo a imprensa, a Defesa Civil do Estado de Minas Gerais continua interditando casas para minimizar os acidentes, enquanto isso, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec) já reconheceu estado de emergência em 14 municípios. (GEADA) Moradores do alto da serra catarinense observaram formação de geada fraca nesta manhã na região do Vale de Santo Antão. O valor mais baixo de temperatura registrado por um órgão oficial foi de 8ºC em Bom Jardim da Serra, SC, a partir do Centro de Informações de Recursos Ambientais e de Hidrometeorologia de Santa Catarina (CIRAM). (PORTUGAL) Portugal registrou estragos por conta da tempestade Ana neste fim de semana. Houve queda de árvores e alagamentos no distrito de Santarém e os Bombeiros da região atenderam a 100 chamados por conta do mau tempo. Ao todo, no País foram somadas 1.100 ocorrências por conta desta tempestade. Os distritos mais afetado foram Porto, Braga, Aveiro, Viseu, Viana do Castelo, Coimbra, Leiria, Vila Real e Lisboa. Houve uma vítima na região de Marco de Canavezes, onde uma mulher foi atingida pela queda de uma árvore. (NEVOEIROS) Pelos aeroportos, nesta manhã: São José dos Campos, SP: nevoeiro (visibilidade reduzida a 300m) Anápolis, GO: nevoeiro (visibilidade reduzida a 400m) Jacareacanga, PA: nevoeiro (visibilidade reduzida a 800m) Guarulhos, SP: nevoeiro (visibilidade reduzida a 900m) (FUMAÇA) Pelos aeroportos, nesta manhã: Turiaçu, PA: fumaça (visbilidade reduzida a 2000m) Carajás, PA: fumaça com chuva fraca (visbilidade reduzida a 4000m) Santarém, PA: fumaça (visbilidade reduzida a 5000m) (CHUVA) Pelo INMET, das 22h de ontem até 9h de hoje: Dianópolis, TO: 93mm Pium, TO: 93mm Santana do Araguaia, PA: 87mm Almas, TO: 50mm Palmeira dos Índios, AL: 48mm Janaúba, MG: 48mm Lábrea, AM: 38mm (VENTO) Pelas estações automáticas do INMET, ontem: Brumado, BA: 71km/h Canguçu, RS: 71km/h Guanhães, MG: 67km/h Cambará do Sul, RS: 67km/h Cruz Alta, RS: 65km/h Piatã, BA: 63km/h Sao Jose dos Ausentes, RS: 61km/h Caçapava do Sul, RS: 60km/h Soledade, RS: 59km/h Jales, SP: 59km/h Santa Rosa do Tocantins, TO: 59km/h