NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) Nesta quarta-feira (22) um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis e uma massa de ar seco em seu centro garante tempo firme na maior parte do Nordeste. No Sul, uma região de alta pressão atmosférica também já começa a predominar e aos poucos inibe a formação de nuvens carregadas. Ao mesmo tempo, os ventos de sul ganharam força no estado gaúcho, e a manhã começa fria no oeste e no sul do estado. No oceano, na altura do Sudeste, um antigo sistema frontal já desconfigurado organiza a umidade da Amazônia, e ventos no alto da troposfera geram nuvens carregadas. De fato, uma grande faixa de nuvens pode ser vista do Norte ao Sudeste. Ontem houve temporais no Sul e Sudeste, inclusive com queda de granizo. (GRANIZO/TRANSTORNOS) Segundo a imprensa local, o forte temporal de ontem (21) provocou queda de granizo entre o fim da manhã e o início da tarde no Rio Grande do Sul, nos municípios serranos como em Nova Pádua, onde a sua prefeitura já declarou que cerca de 80 propriedades rurais foram atingidas. O granizo afetou principalmente as plantações de uva e cebola da região. Em Rolante, 306 casas foram afetadas em razão da queda de granizo. As cidades de Flores da Cunha, Canela, Vacaria e Santo Antônio da Patrulha também registraram queda de granizo e ventos fortes, mas não foram confirmados nenhum estrago em residências. No Paraná, o temporal de ontem (21) provocou queda de granizo na região central e dos Campos Gerais, como em Irati e Pinhão, ao longo da tarde. Não houve registro de feridos, segundo o Corpo de Bombeiros. Em São Paulo, caiu granizo na cidade de Rio das Pedras, além da chuva causar a queda de dois postes e vários pontos de alagamentos. Em Piracicaba a chuva forte também causou a queda de árvores. (DESTAQUES CAPITAIS) Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), hoje cedo a temperatura mínima foi de 14,6ºC em Porto Alegre, RS, ou 2,4ºC mais baixa do que o normal para o mês de novembro. O valor, no entanto, ainda não supera os 12,2ºC do dia 01/11. Segundo os dados oficiais do INMET, neste mês em Porto Alegre a chuva acumulou 53,9mm até ontem, ficando em torno da metade da média climatológica (que é 104,2mm). Ontem em Natal, RN registrou a maior temperatura máxima desde o inicio da primavera com 30,6ºC, superando os 30,2ºC ocorridos em 20/11. Em São Paulo, SP a chuva acumulou 46mm na zona leste da cidade. O Rio Aricanduva nesta área ficou próximo do transbordamento e houve, no total, 14 pontos de alagamento intransitáveis em toda a capital. Na cidade de São Paulo, até o momento segundo o INMET já soma 96,0mm de chuva neste mês de novembro, o que equivale a 66% da média climatológica. (NEVOEIROS) Pelos aeroportos, nesta manhã: Caxias do Sul, RS: nevoeiro (visibilidade reduzida a 50m) Maringá, PR: nevoeiro (visibilidade reduzida a 50m) Uberlândia, MG: nevoeiro (visibilidade reduzida a 300m) Ponta Porã, MS: nevoeiro (visibilidade reduzida a 500m) Presidente Prudente, SP: nevoeiro (visibilidade reduzida a 500m) Cascavel, PR: nevoeiro (visibilidade reduzida a 600m) (CHUVA) Pelo INMET, das 22h de ontem até 8h de hoje: Lins, SP: 78mm Campos do Jordão, SP: 62mm Bambuí, MG: 58mm Ibitinga, SP: 57mm Jales, SP: 53mm Uberlândia, MG: 53mm Morrinhos, GO: 53mm Araxá, MG: 47mm Votuporanga, SP: 46mm Monte Verde, MG: 45mm São Luís do Paraitinga, SP: 44mm Nhumirim, MS: 40mm (VENTO) Pelo INMET, nesta madrugada e manhã: Laguna (Farol Santa Marta), SC: 78km/h Petrópolis, Pico do Couto, RJ: 78km/h Alto Paraíso de Goiás, GO: 69km/h Itatiaia (Parque Nacional), RJ: 69km/h Formiga, MG: 69km/h Rancharia, SP: 61km/h Ibitinga, SP: 59km/h Dracena, SP: 59km/h Passa Quatro, MG: 55km/h (QUEIMADAS) De acordo com satélites de monitoramento de queimadas do INPE, observados pelo valor do satélite de referência AQUA, MT, só ontem (21), o Brasil foi responsável por 635 focos de queimada. Destes, 30,2% ocorreram no estado do Maranhão, 26,0% no Ceará e 15,7% no Piauí. (UMIDADE RELATIVA) Pelo INMET, ontem pelo menos 65 cidades registraram umidade relativa do ar igual ou abaixo de 30%. Destas: Nenhuma cidade entrou em estado de emergência (abaixo dos 12%) 13 cidades em estado de alerta (20 a 12%) 52 cidades em estado de atenção (21% a 30%) Patos, PB: 12%, estado de alerta Barbalha, CE: 16%, estado de alerta (TEMPERATURA MÍNIMA) Pelo INMET, nesta manhã: Bagé, RS: 3,7ºC, menor temperatura da primavera e sexta menor do ano. É a menor mínima para um mês de novembro na cidade desde 2007.