NOTÍCIAS

VÍDEOS

Satélite

(SATÉLITE) Nesta segunda-feira (14), as imagens de satélite e radares meteorológicos mostram áreas de instabilidade com chuvas fortes e atividade elétrica na região Sul do Brasil, associadas a passagem de uma frente fria. Também é possível observar áreas de instabilidade com pancadas isoladas entre as regiões Norte e Centro-Oeste. Ventos úmidos que sopram do Oceano Atlântico em direção ao continente deixam o céu nublado com pancadas isoladas na faixa leste do litoral nordestino. Nas demais regiões, há condição de tempo firme com poucas nuvens. (DESTAQUE - MAIOR TEMPERATURA DA HISTÓRIA PARA OUTUBRO EM PORTO ALEGRE) No último sábado, 12 de outubro, a capital gaúcha registrou a maior temperatura da histórica para um mês de outubro, com 38,4°C de acordo com a estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET).  (DESTAQUE CALOR SÃO PAULO) O final de semana foi marcado por muito calor em grande parte do país. No domingo a máxima registrada foi de 35,1°C na cidade de SP. Com isso, foi a sexta (6°) maior temperatura deste ano. Sendo que a mais alta do ano foi de 35,9°C nos dias 02 de fevereiro e 12 de setembro. Agora, só analisando o mês de outubro, os dias 02 e 13 deste mês foram as mais altas para um mês de outubro dos últimos 3 anos. Ou seja, desde o dia 19/10/2016, quando registrou os 35,9°C.  (DESTAQUE - CHUVAS COM GRANIZO ATINGEM CIDADES GAÚCHAS) Diversas cidades do Rio Grande do Sul tiveram registro de queda de granizo na tarde deste domingo (13), entretanto, a Defesa Civil não registra danos causados pelas pedras de gelo. (DESTAQUE - GRANIZO EM CAMPO GRANDE) Na capital do Mato Grosso do Sul, houve chuva de granizo no início da tarde de domingo (13). (DESTAQUE - TEMPESTADE CAUSADA PELO TUFÃO HAGIBIS TRAZ GRAVES CONSEQUÊNCIAS AO JAPÃO) Tempestade fez os rios transbordarem e trouxe chuva com consequências potencialmente catastróficas, além de 49 vítimas até o momento. Foi a maior tempestade que afetou o país nos últimos anos.